Back

Pesquisa do Mapa confirma que vegetais comercializados no Brasil são seguros para consumo

Segundo a pesquisa, 89% das amostras de produtos de origem vegetal analisadas estão em conformidade

No dia 19/11/21, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou no Diário Oficial da União os resultados da pesquisa realizada em 2019 e 2020. A pesquisa mostra que 89% das amostras de produtos de origem vegetal analisadas pelo Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes em Produtos de Origem Vegetal (PNCRC/Vegetal) estão dentro do nível de conformidade. Isso significa que os vegetais comercializados no Brasil são seguros para consumo.

Segundo o portal do Mapa, dos 89%, 49% não apresentaram nenhum resíduo e contaminante e outros 40% apresentaram valores abaixo do Limite Máximo de Resíduos (LMR) estabelecido no Brasil.

Apenas 11% das amostras apresentaram algum tipo de inconformidade. Desse total, 10% representam inconformidades relacionadas a resíduos de defensivos agrícolas e 1% mostrou a presença de contaminantes, como Salmonella e micotoxinas.

O feijão comum (Phaseolus vulgaris) e o feijão-de-corda (Vigna unguiculata) são dois dos produtos que apresentaram inconformidade. O Mapa autuou as empresas embaladoras dos produtos e vem trabalhando para o monitoramento de resíduos e rastreabilidade de produtos. Uma ação já adotada pelos embaladores é a execução de teste rápido para resíduos de defensivos no recebimento dos feijões. 

Mas, segundo parecer Anvisa, as irregularidades encontradas nos feijões não apresentam risco agudo no consumo desses alimentos.

Já dentre os produtos de origem vegetal que apresentaram 100% de conformidades no período, temos alho, amêndoa, avelã, café, castanha de caju, castanha do Brasil, cebola, cevada malteada, manga e pimenta do reino.

Confira a pesquisa completa aqui.

Confira mais notícias no nosso Blog.

Referência:

  1. Mapa. Pesquisa confirma segurança para consumo dos vegetais comercializados no país [Internet]. 2021 [acesso em 2021 Nov 19]. Disponível em: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/noticias/pesquisa-confirma-seguranca-para-consumo-dos-vegetais-comercializados-no-pais

Fundada em 2020, a Agron tem como missão ajudar profissionais a terem experiências imersivas em ciência e tecnologia dos alimentos por meio de cursos e eventos, além das barreiras geográficas e sociais.

Leave A Reply

//
//
Jaelyson Max
Atendimento Agron

Me envie sua dúvida ou problema, estou aqui para te ajudar!

Atendimento 100% humanizado!