Livro

MÉTODOS DE QUANTIFICAÇÃO DE γ-ORIZANOL NO ÓLEO DE ARROZ

Resumo: O arroz (Oriza sativa) é considerado um alimento básico na alimentação da população brasileira, sendo o Rio Grande do Sul o principal produtor do cereal. Este grão atingiu a marca de aproximadamente 500 milhões de toneladas produzidas em 2019, com o Brasil ocupando a nona posição no ranking de países produtores no mesmo período. O cereal possui em sua composição, principalmente, carboidratos, proteínas, lipídios e fibras. Além disso, também há a presença de antioxidantes, destacando-se o γ-orizanol que pode ser associado a diversos efeitos fisiológicos positivos relacionados à prevenção de algumas doenças e com aplicações em diversas áreas, como a alimentícia, farmacêutica e cosmética. Dessa forma, o objetivo desta revisão bibliográfica é apresentar os métodos analíticos mais empregados atualmente, bem como demonstrar suas vantagens e desvantagens. Os métodos mais empregados são a espectrofotometria UV/visível e a cromatografia em fase líquida, sendo estes métodos imprecisos em algumas ocasiões (interferência da matriz da amostra) e com altos custos em suas técnicas, respectivamente. Sendo assim, é necessário compreender os resultados que se deseja obter e quais as suas finalidades, identificando as possíveis desvantagens que serão encontradas e afetarão o objetivo final.

Autores: Valcenir Júnior Mendes Furlan; João Pedro da Silva Cunha; Kassandra Fontoura da Silva; Verônica Bueno Ribas; Graciela Salete Centenaro.

DOI: 10.53934/9786599539626.22

Capítulo do livro: Ciência e tecnologia dos alimentos: Pesquisas e avanços

Fundada em 2020, a Agron tem como missão ajudar profissionais a terem experiências imersivas em ciência e tecnologia dos alimentos por meio de cursos e eventos, além das barreiras geográficas e sociais.

Deixe uma resposta

//
//
Jaelyson Max
Atendimento Agron

Me envie sua dúvida ou problema, estou aqui para te ajudar!

Atendimento 100% humanizado!