RESISTÊNCIA ANTIMICROBIANA DE Salmonella TYPHIMURIUM ISOLADAS DE ALIMENTOS E HUMANOS NO BRASIL

Resumo: As infecções por S. Typhimurium representam risco a saúde pública, sendo um dos principais sorovares envolvidos na salmonelose humana. Objetivou-se determinar os perfis de resistência a antimicrobianos de importância para o tratamento de salmonelose humana em 43 cepas de S. Typhimurium isoladas de alimentos e pacientes humanos entre os anos de 2011 a 2017. As cepas foram avaliadas quanto a presença de genes associados a resistência aos β-lactâmicos (blaTEM, blaSHV) e fluorquinolonas (qnrS e qnrA), além de fenotipicamente, pela determinação da concentração inibitória mínima (CIM). Foram identificados 15 perfis de resistência fenotípica, sendo nove classificados como multirresistentes; o perfil mais prevalente foi o de cepas resistentes a colistina e com resistência intermediária ao meropenem e ceftriaxona A soma da resistência e resistência intermediária fenotípica determinada a drogas das classes dos carbapenêmicos, polimixinas foi de 35 (81,4%) em ambas e demonstraram a gravidade do problema. Não houve relação entre o caráter fenotípico e genotípico para a resistência aos betalactâmicos, já que o gene blaTEM foi identificado em apenas 37% das cepas, sugerindo envolvimento de outros genes no fenótipo. Os resultados alertam para a necessidade de monitoramento da resistência antimicrobiana de S. Typhimurium e seu impacto no tratamento de infecções.rientes.

Autores: Ana Laura Martins Ferreira1,Guilherme Paz Monteiro2, Eliane Pereira Mendonça3, Fernanda Aparecida Longato dos Santos4, Dália dos Prazeres Rodrigues5, Daise Aparecida Rossi3, Roberta Torres de Melo3

Consultar afiliações no livro

DOI: https://doi.org/10.53934/9786599539657-38

Capítulo do livro:

PESQUISAS E ATUALIZAÇÕES EM CIÊNCIA DOS ALIMENTOS

Fundada em 2020, a Agron tem como missão ajudar profissionais a terem experiências imersivas em ciência e tecnologia dos alimentos por meio de cursos e eventos, além das barreiras geográficas e sociais.

Deixe uma resposta