Back
Trabalhos publicados como capítulo de livro pela editora Agron Food Academy

CAMPANHA ‘ADOTE UMA CANECA, O PLANETA AGRADECE’ REDUZIU O CONSUMO DE COPOS DESCARTÁVEIS NO RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO DO CAMPUS III DA UFPB

Laíze Trajano Macêdo1; Maria Aparecida Lopes Clementino da Silva2; Gilmaria Firmo Marinho3; João Pedro Cesário Félix4; Alef Ribeiro dos Santos5; Geíza Alves Azeredo6.

1Técnica em Nutrição e Dietética do Colégio Agrícola Vidal de Negreiros–CAVN; E-mail: [email protected], 2Nutricionista do Restaurante Universitário do Campus III-UFPB; E-mail: [email protected] 3Estudante do Curso Técnico em Nutrição e Dietética–CAVN-UFPB; E-mail: [email protected], 4Estudante do Curso Técnico em Nutrição e Dietética–CAVN-UFPB; E-mail: [email protected], 5Estudante do Curso de Bacharelado em Agroindústria-CCHSA–UFPB; E-mail: [email protected], 6Docente/pesquisadora do Depto de Gestão e Tecnologia Agroindustrial-DGTA – UFPB; E-mail: [email protected].

RESUMO: O uso de copos descartáveis é um hábito bem comum da população na vida moderna, pois proporciona ao indivíduo maior praticidade na hora de consumir algum alimento. Contudo, o grande gargalo na sua utilização é na hora de descartá-lo. Considerando ser o restaurante dentro de uma universidade, local de formação acadêmica e cidadã, buscou-se realizar um trabalho de substituição do copo descartável por caneca reutilizável. Inicialmente, fez-se o levantamento do consumo diário de copos descartáveis pelos alunos e deu-se início ao planejamento da ação de conscientização para uma possível substituição e posterior redução do elevado volume de resíduos gerados. Participaram deste trabalho alunos dos cursos técnicos em Nutrição e Dietética, Agropecuária, Agroindústria e Aquicultura, em dois momentos. Na primeira fase, foram aplicados 172 questionários que tinham o propósito de investigar o conhecimento dos alunos quanto aos impactos ambientais do descarte dos copos descartáveis em lixões, como também à possibilidade de substituição do copo descartável por uma caneca reutilizável. Em um segundo momento, após a etapa de conscientização, conseguiu-se a participação de 132 alunos para o preenchimento do segundo questionário. Em ambas as coletas, participaram quem assinou o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). A proposta de substituição do copo descartável por uma caneca reutilizável foi mais aceita após a realização da campanha ‘adote uma caneca, o planeta agradece’, obtendo-se uma redução de 32% no total de alunos que faziam uso de copo descartável.

Palavras–chave: resíduos, descarte, conscientização

INTRODUÇÃO

Com o passar dos anos cresce o avanço tecnológico, impulsionado pelas demandas da sociedade moderna e, consequentemente, o consumo de matéria-prima de fontes não renováveis. Toda essa cadeia acaba na geração de resíduos sólidos, causando um desequilíbrio ambiental, principalmente quando diversos produtos chegam ao final do seu ciclo útil. Então, uma das formas de reduzir os resíduos e minimizar os impactos ambientais é a reciclagem, mas nem todo resíduo apresenta uma taxa de reciclagem considerável.

Como exemplo de material que apresenta baixo índice de reciclagem podemos citar os copos descartáveis. Segundo De Sá Quirino e Ramos (2018), dentre os principais resíduos sólidos observados na composição do lixo, estão os copos descartáveis que ocupam posição de destaque, ainda mais se considerar o tempo prolongado de decomposição no ambiente.

Para Cezar e Calegari (2019), o que torna comum o uso dos copos descartáveis em instituições públicas e privadas é o grau de praticidade proporcionado por esse produto. No entanto, por ser um local de formação acadêmica e cidadã, e a partir da observação do grande consumo de copos descartáveis e de sua não utilização para  reciclagem, pensou-se em realizar um trabalho de sensibilização com alunos dos  cursos técnicos do Colégio Agrícola Vidal de Negreiros, quanto à adoção de uma  caneca, em substituição ao copo descartável, no restaurante universitário do campus III – UFPB.

MATERIAL E MÉTODOS

 A pesquisa foi realizada no Restaurante Universitário (R.U.) do campus III da UFPB, na cidade de Bananeiras, de fevereiro a março de 2020. O R.U. ofertava, em média, 1.600 refeições/dia, distribuídas em quatro refeições. Em todas elas, eram utilizados copos descartáveis para servir suco e café. Além dos alunos, faziam também uso desses copos funcionários, estagiários e nutricionistas, contribuindo para um consumo diário de 1.800 unidades.

A coleta de dados ocorreu em dois momentos. Na primeira fase foram aplicados 172 questionários, acompanhados do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), com alunos de idades entre 14 e 50 anos, dos cursos técnicos em Nutrição e Dietética, Agropecuária, Agroindústria e Aquicultura. Nesse questionário havia perguntas objetivas relacionadas ao consumo de copos descartáveis no R.U., aos impactos ambientais de seu descarte em lixões e à possibilidade de substituição do copo descartável por uma caneca reutilizável (Quadro 1).

Quadro 1. Questionário aplicado aos alunos do Colégio Agrícola Vidal de Negreiros, na primeira fase da pesquisa.

1. Você sabia que por dia são utilizados cerca de 1800 copos descartáveis aqui no R.U.?(   ) sim   (    )  não  
2. Você sabia que os copos descartáveis levam 100 anos para se decompor na natureza?(   ) sim   (    )  não
3. Você acha importante tentar conscientizar os alunos para trazer a sua própria caneca?(   ) sim   (    )  não  
4. Você costuma trazer a sua própria caneca ao R.U.?(   ) sim   (    )  não  
5. Caso sua resposta tenha sido ‘sim’ na pergunta anterior, quantas vezes por semana costuma trazer?(   ) 1 a 2 vezes (   ) 3 a 4 vezes (   ) todos os dias
6. Se a UFPB lhe fornecesse uma caneca, você passaria a usá-la em substituição ao copo descartável no R.U?(   ) sim   (    )  não   (     ) talvez

A aplicação ocorreu em sala de aula, onde foi possível levantar uma discussão sobre a gravidade dos impactos ambientais causados pela geração de resíduos e a importância de repensar alguns de seus atos, na busca por alternativas sustentáveis com a finalidade de minimizar a geração de resíduos. Por fim, entregou-se a cada aluno, um panfleto que trazia informações sobre o grande consumo de copos descartáveis no R.U. e da importância de se adotar uma caneca. O panfleto tinha formato de uma caneca, com o lema: ‘Adote uma caneca, o planeta agradece!’ (Figura 1).

Figura 1. Panfleto distribuído na campanha de sensibilização com alunos dos cursos técnicos do Colégio Agrícola Vidal de Negreiros – UFPB, para redução do consumo de copos descartáveis.

Em um segundo momento, conseguiu-se a participação de 132 estudantes, que responderam a outro questionário, que tinha como propósito investigar se houve mudança e quais os motivos que influenciaram no comportamento, quanto à adoção ou não de uma caneca (Quadro 2).

RESULTADOS E DISCUSSÃO

Foi possível observar, com os dados da primeira fase da pesquisa, que 70% das pessoas não tinham conhecimento do grande consumo de copos descartáveis no Restaurante Universitário, assim como o seu tempo de decomposição na natureza.

Antes de dar início à campanha de conscientização para o uso da caneca em substituição ao copo descartável, observou-se, in loco no R.U., que 77% dos estudantes não apresentavam o hábito de levar a sua própria caneca. Quando questionados se levariam, caso a universidade fornecesse a caneca, o índice aumentou para 85%. Nota-se que cerca de 6% dos alunos que consideraram importante a campanha para reduzir o consumo de copo descartável, não adeririam à caneca, mesmo se recebessem da Universidade.

Após a etapa de conscientização, com debate em sala de aula e distribuição do panfleto, verificou-se, in loco no R.U., que a adoção da caneca passou a ocorrer com 55% dos estudantes, indicando um aumento de 32% em relação à primeira fase, quando apenas 23% dos alunos faziam uso. Estes dados foram melhores do que os encontrados por Américo et al. (2018), que verificaram redução na utilização de copos descartáveis em 23,26%. 

Quanto aos argumentos dados pelos alunos sobre não fazer uso da caneca, 64% afirmaram não ter caneca, 10% relataram que por influência dos amigos não levavam, 2% tem a caneca mais não querem ter o trabalho de lavar, 1% não considera importante a substituição e 23% dos comensais relataram não levar por esquecimento. Esses dados corroboram com o estudo de Apostólico et al. (2007), realizado em um Restaurante Universitário de Campinas-SP. Lá também foi visto que o número de pessoas que adotaram a caneca é menor que o número de pessoas que continuam optando pelos copos descartáveis, além do argumento do esquecimento de levar a caneca ao restaurante.

CONCLUSÕES

            A proposta de substituição do copo descartável por uma caneca reutilizável foi mais aceita após a realização da campanha ‘adote uma caneca, o planeta agradece’, obtendo-se uma redução de 32% no total de alunos que faziam uso de copo descartável.

REFERÊNCIAS

AMERICO, J.; IANELA, M. C.; CORNELI, V. M. Substituição de copos descartáveis por canecas reutilizáveis na universidade tecnológica federal do paraná, Campus campo mourão. Revista de Geografia, Meio Ambiente e Ensino, v. 8, n. 3, p. 21-28, 2018.

APOSTÓLICO, L. D. S.; HERIG, F. S.; ALMEIDA, G. M. Aceitação da substituição permanente de copos descartáveis por canecas nos restaurantes da universidade estadual de campinas. Revista Ciências do Ambiente On-Line, v. 3, n. 2, 2007.

CEZAR, V. H. S.; CALEGARI, E. P. Criação de cartazes como ferramenta para diminuição do uso excessivo de copos plásticos descartáveis. MIX Sustentável,v.5, n.4, p. 41-51, 2019.

DE SÁ QUIRINO, C. A.; DE ARAÚJO RAMOS, R. D. C. Ações sustentáveis e suas implicações no trabalho: Uma análise acerca do uso de copos descartáveis no Colegiado de Engenharia Elétrica (CENEL) na UNIVASF. Revista de Psicologia, v. 1, n. 41, p. 390-413, 2018.

Leave A Reply