Livro

ANÁLISE MICROBIOLÓGICA DE CARNE MOÍDA BOVINA COMERCIALIZADA NO MUNÍCIPIO DE JAGUARIBE – CEARÁ

Resumo: A carne bovina é um alimento de amplo consumo em todo o território brasileiro, sendo comercializada em diferentes cortes, principalmente na forma de carne moída. Possui alto valor nutritivo, entretanto, apresenta elevada deterioração em virtude a proliferação de microrganismos. Tendo em vista a importância deste alimento para a população, objetivou-se neste trabalho a realização da análise microbiológica em carnes moída bovina comercializadas em frigoríficos do município de Jaguaribe, Ceará. Foram adquiridas 200g de amostras em 6 frigoríficos no comércio local e encaminhadas para o Laboratório de Química do IFCE – Campus Jaguaribe, onde realizaram-se as análises microbiológicas para detecção de Coliformes Totais, Coliformes Termotolerantes e Eschirichia coli. Os dados obtidos foram analisados utilizando-se o programa Statistic 7® para os testes de ANOVA e teste de Tukey em nível de 5% de significância. Os resultados evidenciaram que as amostras 1, 2 e 3 apresentaram resultado negativo para e Eschirichia coli. As amostras 4 e 5 apresentaram-se positivas e acima do nível permitido, enquanto a amostra a 6 apresentou-se dentro do nível de tolerância permitido, conforme a Resolução RDC nº 12 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Ressalta-se que as amostras apresentam um nível de contaminação significativo, podendo ser um risco para a saúde dos consumidores. Recomenda-se a adoção de medidas de higiene adequadas e de boas práticas de manipulação de alimentos para evitar a contaminação da carne moída, garantindo a qualidade do produto comercializado.

Autores: Paula Dayane Diógenes Granja; Maria Michele da Costa; Mírian Rebouças Nunes; Rafael Souza Cruz; Marcos Venicius Nunes; Clarissa Maia de Aquino; Luana Maria de Lima Santos.

DOI: 10.53934/9786599539626.10

Capítulo do livro: Ciência e tecnologia dos alimentos: Pesquisas e avanços

Fundada em 2020, a Agron tem como missão ajudar profissionais a terem experiências imersivas em ciência e tecnologia dos alimentos por meio de cursos e eventos, além das barreiras geográficas e sociais.

Deixe uma resposta

//
//
Jaelyson Max
Atendimento Agron

Me envie sua dúvida ou problema, estou aqui para te ajudar!

Atendimento 100% humanizado!