SUBPRODUTOS DO MELÃO (Cucumis melo L.) NA ELABORAÇÃO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS: UMA REVISÃO

Resumo: As indústrias alimentícias geram toneladas de subprodutos constituídos por sementes, cascas e caroços. No processamento do melão, cerca de 60% do fruto é desperdiçado. A fabricação de novos alimentos é uma alternativa para redução desses desperdícios proporcionando uma alimentação mais rica nutricionalmente. Assim, considerando que os subprodutos do melão podem ser reaproveitados na fabricação de novos alimentos mais nutritivos, aliados à redução de desperdícios, objetivou-se avaliar na literatura científica a importância do aproveitamento de subprodutos de melão na elaboração e caracterização de produtos alimentícios. Trata-se de uma revisão bibliográfica de literatura do tipo sistemática, utilizando os seguintes termos: “resíduos de melão”, “aproveitamento integral”, “cascas e sementes de melão”, “Cucumis melo L.”, em suas combinações em português e inglês, nas bases de dados SciELO e Periódicos Capes. Foram encontrados 356 artigos para análise de título, palavras-chave, resumo e metodologia. Após a avaliação criteriosa e objetiva, foram selecionados 8 artigos, seguido da leitura completa, extração dos dados e análises dos resultados e conclusões. Observou-se nos estudos, a aplicação de sementes, cascas e entrecascas do melão, principalmente na forma de farinha para incorporação em barra de cereal, biscoitos, bolo, suco, doce e geleia, apresentando características físico-químicas e microbiológicas satisfatórias, seguida de boa aceitação e intenção de compra dos produtos. Conclui-se que, as pesquisas avaliadas nessa revisão indicam a importância dos benefícios da utilização de subprodutos do melão em novas formulações de produtos normalmente consumidos no mercado, bem como, sua combinação com subprodutos de outros frutos ou ingredientes alternativos, no desenvolvimento de produtos alimentícios.

Autores: Sheyla Maria Barreto Amaral1; Rosangela Maria Oliveira Marinho2; Ana Paula Ferreira de Almeida3; Felipe Sousa da Silva4; Ysabele Yngrydh Valente Silva5; Márcia Maria Leal de Medeiros6; Marlene Nunes Damaceno7

Consultar afiliações no livro

DOI: https://doi.org/10.53934/9786599539657-91

Capítulo do livro:

PESQUISAS E ATUALIZAÇÕES EM CIÊNCIA DOS ALIMENTOS

Fundada em 2020, a Agron tem como missão ajudar profissionais a terem experiências imersivas em ciência e tecnologia dos alimentos por meio de cursos e eventos, além das barreiras geográficas e sociais.

Deixe uma resposta