MICROENCAPSULAÇÃO DE COMPOSTOS BIOATIVOS EM ALIMENTOS: DESAFIOS E POTENCIALIDADES

Resumo: A busca por uma alimentação mais saudável tem impulsionado a indústria de alimentos a desenvolver estratégias para atender os anseios dos consumidores. Neste sentido, a oferta de alimentos que contenham compostos bioativos torna-se interessante e proporciona maior saudabilidade na dieta dos indivíduos. No entanto, esses compostos precisam ser entregues de forma segura, estável e eficaz, sendo necessário a utilização de tecnologias para garantir sua preservação, estabilidade e bioacessibilidade quando consumidos. Sendo assim, a microencapsulação apresenta-se como uma ferramenta capaz de contornar essas limitações, e tem sido uma técnica bastante promissora em vários segmentos, incluindo a indústria alimentícia. A microencapsulação é um método capaz de fornecer proteção a diferentes compostos bioativos, que incluem prebióticos e probióticos, e algumas substâncias antioxidantes como compostos fenólicos, antocianinas, vitaminas, flavonoides, dentre outros. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão apresentando a microencapsulação como estratégia para aumentar a estabilidade e bioacessibilidade de compostos bioativos nos alimentos, além de discorrer sobre os desafios e as potencialidades desta tecnologia.

Autores: Jeferson Silva Cunha1; Ana Flávia Coelho Pacheco2; Flaviana Coelho Pacheco3; Paulo Henrique Costa Paiva4; Bruno Ricardo de Castro Leite Júnior5

Consultar afiliações no livro

DOI: https://doi.org/10.53934/9786599539657-8

Capítulo do livro:

PESQUISAS E ATUALIZAÇÕES EM CIÊNCIA DOS ALIMENTOS

Fundada em 2020, a Agron tem como missão ajudar profissionais a terem experiências imersivas em ciência e tecnologia dos alimentos por meio de cursos e eventos, além das barreiras geográficas e sociais.

Deixe uma resposta

//
//
Jaelyson Max
Atendimento Agron

Me envie sua dúvida ou problema, estou aqui para te ajudar!

Atendimento 100% humanizado!