Back
30out, 2023

COMPOSTOS FENÓLICOS, BIOATIVOS E POTENCIAL ANTIOXIDANTE DA BIOMASSA MICELIAL DO FUNGO L. theobromae MMPI

Biomassas fúngicas são fontes de proteína, lipídios, fibras e carboidratos, além de serem ricas em micro e macronutrientes, compostos fenólicos e substâncias com potencial antioxidante. A produção de biomassa micelial e b-D-glucana extracelular (lasiodiplodana) pelo fungo Lasiodiplodia theobromae MMPI foi estudada como uma plataforma biotecnológica integrada. O presente trabalho buscou avaliar o potencial antioxidante in vitro e o teor de compostos fenólicos presentes nas biomassas miceliais do ascomiceto L. thebromae MMPI produzidas em meios de cultura a base de sacarose comercial e melaço de soja. As biomassas miceliais foram caracterizadas quanto ao teor de fenólicos totais, habilidade antioxidante e compostos bioativos por CLAE-PAD. Os extratos obtidos das biomassas embora contendo baixos conteúdos de fenólicos totais apresentam considerável potencial antioxidante contra os radicais ABTS, DPPH, hidroxila e poder redutor dos íons férrico e molibdênio VI. Ácido gálico e catequina foram os compostos majoritários entre os biocompostos identificados nos extratos. Ácido cinâmico foi identificado em ambos os extratos e ácido p-cumárico no extrato de biomassa produzida em meio com melaço de soja.

04mar, 2022

EFEITO DA ADIÇÃO DE SPIRULINA NAS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS, FÍSICO-QUÍMICAS, BIOATIVAS E SENSORIAIS DE BISCOITOS: REVISÃO DE LITERATURA

Resumo: A Spirulina é reconhecida por seu elevado teor protéico, de ácidos graxos essenciais e de compostos bioativos. Além de já ser comercializada na forma de suplemento, cresce o interesse pela sua aplicação em alimentos como forma de agregar valor a alimentos frequentemente consumidos, principalmente da área de panificação, como …