RELAÇÃO DO BEM-ESTAR E A SANIDADE NA AVICULTURA

Resumo: A cadeia avícola compreende várias fases, desde sua origem, ainda nas granjas, até a chegada ao comércio e à casa dos consumidores. Visto que o bem-estar animal é uma preocupação e um tema falado nos últimos tempos. Consumidores estão cada vez mais exigentes, preocupam com a segurança alimentar e exigem que os animais de produção sejam criados em sistemas que prevaleçam o bem-estar, mesmo sabendo que estes produtos irão ter um preço mais alto. Objetivou-se abordar neste trabalho os conceitos estabelecidos de bem-estar animal e a sua relação com a sanidade na avicultura. Esses animais de produção, ovos e/ou carne, têm necessidades especificas e são capazes de adaptarem ao meio em que vivem para a sobrevivência. Para criar um sistema que gera conforto para às aves, é necessário compreender que existe uma relação entre bem-estar, estresse e o comportamento animal. Quando estes são criados de forma inadequada com as instalações impróprias, sem o mínimo de sanidade, manejos realizados de maneira errada, podem acarretar problemas produtivos e reprodutivos, prejudicando todo desempenho do animal.

Autores: Tatiana Marques Bittencourt; Guilherme Resende de Almeida; Jean Kaique Valentim; Alexander Alexandre de Almeida; Debora Duarte Moraleco, Heder José D’Avila Lima, Diego Pierotti Procopio

DOI: https://doi.org/10.53934/9786599539633-64

Capítulo do livro:

Produção Animal e Vegetal: Inovações e Atualidades

Fundada em 2020, a Agron tem como missão ajudar profissionais a terem experiências imersivas em ciência e tecnologia dos alimentos por meio de cursos e eventos, além das barreiras geográficas e sociais.

Deixe uma resposta

//
//
Jaelyson Max
Atendimento Agron

Me envie sua dúvida ou problema, estou aqui para te ajudar!

Atendimento 100% humanizado!