PRODUTIVIDADE DE PASTAGEM SOB DOSES E FONTES DE FERTILIZANTES NITROGENADOS COM EFICIÊNCIA AUMENTADA

Resumo: A espécie Urochloa brizantha cv. Marandu é uma das gramíneas mais utilizadas em todo país, para estas plantas persistirem em solos arenosos, a fertilização é necessária devido à sua menor fertilidade natural. A reposição periódica de nutrientes do solo é de grande importância. Para melhor eficiência da adubação nitrogenada, novas tecnologias surgiram no mercado. Objetivou-se avaliar o efeito da aplicação de doses e fontes de N sobre a produtividade das pastagens de capim-marandu para verificar a eficiência de utilização da adubação nitrogenada pela planta; maximizando o uso do fertilizante a fim de reduzir as perdas; diminuir os custos com adubação nitrogenada, ocasionando melhorias na produção de pastagens no Estado do Mato Grosso do Sul. O experimento foi conduzido de fevereiro a março de 2016 numa área estabelecida de Urochloa brizantha cv. Marandu. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com quatro repetições, em esquema fatorial 4×3+1. Os tratamentos consistiram na combinação de quatro fontes de nitrogênio (nitrato de amônia, ureia, ureia com polímero e ureia NPBT) e três doses (50, 100 e 150 kg ha-1 de N), acrescido um tratamento sem adubação nitrogenada (controle). Avaliaram-se produção de massa seca da parte aérea da pastagem, teor de proteína bruta e determinação da eficiência da adubação. Conclui-se que a aplicação de fontes nitrogenadas proporciona maior produtividade de MS, aumentam os tores de PB, respondendo de forma gradativa com o aumento das doses nitrogenadas na Urochloa brizantha cv. Marandu. As fontes ureia com polímero e NBPT obtiveram maiores respostas para produtividade em comparação a nitrato de amônio e ureia. Na primeira e segunda avaliação a fonte ureia com polímero e ureia com NBPT apresentaram maior eficiência agronômica quando comparada com a ureia e nitrato de amônio.

Autores: Juliana Bonfim Cassimiro; Clayton Luís Baravelli de Oliveira; Daniel da Silva Silveira; Matheus Parra Belisario; Ana Carolina Alves

DOI: https://doi.org/10.53934/9786599539633-12

Capítulo do livro:

Produção Animal e Vegetal: Inovações e Atualidades

Fundada em 2020, a Agron tem como missão ajudar profissionais a terem experiências imersivas em ciência e tecnologia dos alimentos por meio de cursos e eventos, além das barreiras geográficas e sociais.

Deixe uma resposta