PERDAS PÓS-COLHEITA COMO DESAFIO PARA UMA AGRICULTURA SUSTENTÁVEL: REVISÃO

Resumo: O agronegócio nos últimos anos tem passado por variações tanto na oferta de alimentos bem como no valor comercializado dos produtos. Isto tem gerado variações de preços, que tem sido sentido pelo consumidor final. Um dos gargalos em toda a logística do agronegócio é a grande perda de alguns produtos alimentícios. Este artigo teve por objetivo descrever o processo e causa de desperdícios e perdas de frutas e hortaliças e os desafios para o desenvolimento de uma agricultura sustentável. Com técnicas adequadas na colheita, na pós-colheita, beneficiamento, embalagem, transporte e comércio, é possível reduzir ou minimizar as perdas. As dificuldades de logística de transporte e gestão da produção do campo até o consumidor final são os maiores responsáveis pela perda e desperdício de alimentos, impactando no valor dos mesmos. Portanto conclui-se que é necessário a utilização de capacitação, informação e orientação de transporte correto, embalagens corretas a fim de minimizar perdas no setor agrícola e principalmente políticas públicas de unificação setorial entre produtor, distribuidor e consumidor.

Autores: Vanessa Caroline de Oliveira, Mariana Cássia Silva, Fabrícia Queiroz Mendes, Ronei Carlos de Oliveira.

DOI: https://doi.org/10.53934/9786599539633-26

Capítulo do livro:

Produção Animal e Vegetal: Inovações e Atualidades

Graduada em Ciências Físicas e Biomoleculares pela Universidade de São Paulo – USP (2017). Durante a graduação, trabalhou com expressão, purificação e caracterização biofísica de proteínas, e na área de terapia fotodinâmica aplicada à inativação de microrganismos. Atualmente, é mestranda em Biotecnologia pela Universidade Federal de São Carlos –UFSCar, trabalhando no desenvolvimento de filmes e fitas de frutas comestíveis como veículos para probióticos.

Deixe uma resposta

//
//
Jaelyson Max
Atendimento Agron

Me envie sua dúvida ou problema, estou aqui para te ajudar!

Atendimento 100% humanizado!