APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA 3D EM ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL: REVISÃO

Resumo: Conhecida popularmente como impressão 3D e o termo bastante mencionado nos meios de comunicação, a prototipagem rápida ou manufatura aditiva é uma tecnologia cuja finalidade inicial era a criação de maquetes e protótipos industriais, mas que com o passar dos anos também visou quebrar paradigmas em outros setores, como no setor alimentício. Estima-se que nos próximos 30 anos, os sistemas alimentares irão enfrentar uma confluência de pressões centradas no acesso à alimentação, nutrição e sustentabilidade dos sistemas agroecológicos, os quais induzirão à profundas mudanças no sistema alimentar. Nesse contexto, a impressão de alimentos tridimensionais (3D) é uma tecnologia que permitirá a transformação do mercado existente, proporcionando assim conveniências, praticidade e até a personalização na fabricação de alimentos diferenciados. Logo, visa-se aqui ressaltar a importância da incrementação de novas tecnologias na indústria de alimentos de origem animal, bem como a visão oportuna da aplicabilidade da impressão 3D em diferentes setores e a explanação dos desafios ainda enfrentadas.

Autores: Ana Paula Rodrigues dos Santos; Ana Luiza Castro dos Santos

DOI: https://doi.org/10.53934/9786599539633-79

Capítulo do livro:

Produção Animal e Vegetal: Inovações e Atualidades

Fundada em 2020, a Agron tem como missão ajudar profissionais a terem experiências imersivas em ciência e tecnologia dos alimentos por meio de cursos e eventos, além das barreiras geográficas e sociais.

Deixe uma resposta

//
//
Jaelyson Max
Atendimento Agron

Me envie sua dúvida ou problema, estou aqui para te ajudar!

Atendimento 100% humanizado!