QUITOSANA COMO POTENCIAL BIOPOLÍMERO NO REVESTIMENTO DE SEMENTES ORGÂNICAS: O CENÁRIO ATUAL NO BRASIL

Resumo: A prática do cultivo orgânico tem aumentado exponencialmente em diversas regiões do planeta e pode ser justificada pela crescente demanda por uma alimentação saudável associada à uma agricultura sustentável. O Brasil atualmente ocupa o 12ª lugar no ranking de maiores produtores orgânicos, contudo, existem gargalos importantes para conseguirmos subir de posição. Podemos citar as sementes utilizadas no cultivo orgânico, as quais são mais susceptíveis ao ataque de patógenos, fato que reduz vida útil em prateleira e influencia na germinação e vigor de crescimento. Esse fato ocorre pelas mesmas não poderem ser tratadas com defensivos agrícolas (fungicidas, bactericidas, inseticidas), como ocorre com sementes utilizadas na agricultura convencional. O presente trabalho reuni conhecimentos técnico-científicos atuais que utilizam polímeros naturais, a exemplo a quitosana, para melhorar as características das sementes sem a necessidade de defensivos químicos. Ao final demonstramos a importância da aplicação desses testes, utilizando quitosana ou quitosana associada, sobre sementes orgânicas diversas com vistas a melhoria do cultivo orgânico no Brasil.

Autores: José Narciso Francisco da Silva Filho; Anabelle Camarotti de Lima Batista

DOI: https://doi.org/10.53934/9786599539633-75

Capítulo do livro:

Produção Animal e Vegetal: Inovações e Atualidades

Fundada em 2020, a Agron tem como missão ajudar profissionais a terem experiências imersivas em ciência e tecnologia dos alimentos por meio de cursos e eventos, além das barreiras geográficas e sociais.

Deixe uma resposta

//
//
Jaelyson Max
Atendimento Agron

Me envie sua dúvida ou problema, estou aqui para te ajudar!

Atendimento 100% humanizado!