EFEITO DA FIBRA ALIMENTAR SOBRE O DESEMPENHO E CARACTERÍSTICAS MORFO-HISTOLÓGICAS DA MUCOSA INTESTINAL DE COELHOS

Resumo: Embora pouco explorada comercialmente, a cunicultura apresenta indícios de ser uma atividade com grande potencial de expansão, fazendo-se necessária a adoção de novas estratégias que viabilizam uma melhora na produção. Por ser um herbívoro de ceco funcional, a anatomia digestória do coelho permite um bom aproveitamento de volumosos de baixo custo, como hortaliças e forrageiras desidratadas, e em termos de manejo, os coelhos demandam baixos investimentos, viabilizando assim a cunicultura como uma atividade complementar na agricultura familiar. Uma vez que a digestão dos coelhos é adaptada à alta ingestão de fibras, o seu baixo consumo pode resultar em distúrbios digestivos, como alterações na atividade fermentativa do ceco e trânsito lento que favorece a ocorrência de diarreias. Nesse âmbito, a realização de pesquisas que visam estabelecer os efeitos e a importância de fontes de fibra na dieta dos coelhos é peça fundamental na otimização da produção e na redução de custos, já que devido aos altos custos com alimentação, o sucesso econômico da cunicultura depende de melhorias na conversão alimentar.

Autores: Lays de Oliveira Silva; Luiz Fernando Rocha Botelho; Hérick Pachêco Rodrigues; Taylan Andrade Silva; Jacqueline Alves Morais; Felipe César de Araújo Machado

DOI: https://doi.org/10.53934/9786599539633-57

Capítulo do livro:

Produção Animal e Vegetal: Inovações e Atualidades

Fundada em 2020, a Agron tem como missão ajudar profissionais a terem experiências imersivas em ciência e tecnologia dos alimentos por meio de cursos e eventos, além das barreiras geográficas e sociais.

Deixe uma resposta

//
//
Jaelyson Max
Atendimento Agron

Me envie sua dúvida ou problema, estou aqui para te ajudar!

Atendimento 100% humanizado!